Lagarde: europeus vão repassar US$ 270 bi para o FMI

Os países da zona do euro deram uma resposta a três "elementos chave" da crise da dívida europeia, disse Christine Lagarde, diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), na madrugada desta sexta-feira.

DOW JONES, Agência Estado

09 de dezembro de 2011 | 04h38

"Os países-membros que farão parte do novo tratado decidiram sobre três componentes principais: a união fiscal, a aceleração da implementação do Mecanismo Europeu de Estabilidade (ESM, na sigla em inglês) e a adição de US$ 270 bilhões às reservas do FMI, recursos a serem confirmados dentro de dez dias", afirmou Lagarde. O ESM é o mecanismo de resgate permanente.

Tudo o que sabemos sobre:
zona do euroFMIrepasse US$ 270 bi

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.