Larijani diz que reunião com Solana foi "construtiva"

O negociador nuclear iraniano, Ali Larijani, assegurou neste sábado, após reunião com o responsável de Política Externa da União Européia (UE), Javier Solana, que as conversas foram "construtivas" e que prosseguirão no domingo, em Viena.A porta-voz de Solana, Cristina Gallach, informou, por sua vez, que o encontro, de três horas de duração, foi "construtivo e positivo", e que Solana passará a noite em Viena para voltar a se reunir com Larijani neste domingo.Iranianos e europeus se reuniram neste sábado em Viena para retomar o diálogo sobre o controvertido programa nuclear da República Islâmica, que fez pouco caso das exigências do Conselho de Segurança da ONU sobre a suspensão de atividades de enriquecimento de urânio. "Tivemos conversas construtivas e fizemos progresso em alguns aspectos", assegurou Larijani após o encontro, realizado na sede do Governo austríaco. O dirigente acrescentou que ambas as partes falaram sobre "diferentes assuntos relacionados de alguma forma com o pacote proposto pela parte européia e a resposta iraniana".O negociador iraniano se referia a uma proposta de incentivos econômicos e na área nuclear, mas também advertências, elaboradas pelas cinco potências com direito a veto no Conselho de Segurança (CS) da ONU mais a Alemanha. O Irã tinha comentado a oferta em 22 deagosto, mas sem esclarecer se aceita ou recusa as propostas.Estados Unidos, Reino Unido, França e Alemanha são a favor de que o Irã seja pressionado o mais rápido possível com sanções comerciais e diplomáticas. Rússia e China se mostram reticentes.Até agora, o Irã ignorou o ultimato imposto pelo CS com data limite para 31 de agosto, que exigia o fim de seu programa de enriquecimento de urânio, material que tem aplicações civis mas que também serve para construir armas nucleares.

Agencia Estado,

09 de setembro de 2006 | 17h41

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.