Laura Bush é submetida a operação para retirar um tumor

A primeira-dama dos EUA, Laura Bush, foi submetida no início de novembro a uma operação para a retirada de um tumor na perna direita, de acordo com informações oficiais. O câncer foi identificado como um carcinoma celular escamoso, um tipo de tumor maligno que é a forma mais comum de câncer de pele, informou Susan Whitson, porta-voz da primeira-dama americana.Antes das eleições de 7 de novembro, Laura Bush já tinha uma bandagem debaixo de seu joelho. Na época, Whitson informou que senhora Bush tinha uma ferida na canela.A primeira-dama se submeteu a uma biopsia no final de outubro que revelou o carcinoma em sua canela direita. Este foi retirado depois das eleições legislativas de 7 de novembro.Whitson informou ainda que a ferida tinha o diâmetro de uma pequena moeda e começou a causar preocupação antes do dia das eleições."Devido à pronta detecção e ao tratamento, a área na sua perna está se recuperando bem e ela não interrompeu seu programa de atividades", disse Whitson.Ao explicar o motivo do anúncio ter sido feito só agora, a porta-voz disse que "o procedimento médico foi um assunto privado para a senhora Bush, mas quando a imprensa perguntou, recebeu a resposta".Na segunda-feira, Laura Bush participou de uma recepção na Casa Branca e não mostrou dificuldades para caminhar, apesar de ainda ter um curativo em sua perna.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.