Laura Bush quer visitar o Afeganistão

Apenas três dias após a viagem surpresa do presidente George W. Bush a Bagdá, a primeira-dama dos EUA, Laura Bush, declarou estar pensando em visitar ao Afeganistão em meados de 2004. "Realmente, gostaria de ir", disse. "Espero ter uma oportunidade".A declaração surpreendeu os colaboradores de Laura, apesar de não ter sido a primeira vez que a senhora Bush divulga um segredo de agenda: revelou que o presidente faria uma visita à Grã-Bretanha muito antes do anúncio oficial.O assessor de imprensa da primeira-dama, Gordon Johndroe, disse não ser oportuno falar de uma viagem ao Afeganistão e que "ainda não há nada marcado no calendário".Laura Bush disse que ela e suas filhas, Barbara e Jenna, ficaram tensas durante a viagem secreta de Bush a Bagdá, onde o presidente se encontrou com as tropas no Dia de Ação de Graças. "Mas estamos muito orgulhosas do presidente", disse a primeira-dama. "Só lamentamos não termos podido acompanhá-lo".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.