Lavrov:Rússia não tem interesse em ultrapassar fronteira

A Rússia não tem absolutamente nenhuma intenção ou interesse de cruzar a fronteira com a Ucrânia, assegurou o ministro das Relações Exteriores, Sergei Lavrov, neste sábado.

AE, Agência Estado

29 de março de 2014 | 12h50

O acúmulo de tropas russas ao longo da fronteira leste com a Ucrânia segue preocupando autoridades de defesa dos Estados Unidos, que dizem não estar convencidas sobre as intenções de Moscou. A questão tem atormentado formuladores de políticas ocidentais desde que a crise na Ucrânia começou. Lavrov disse que a Rússia está interessada apenas em proteger os direitos de russos que vivem na Ucrânia.

O chanceler salientou ainda que as posições da Rússia e do Ocidente quanto à situação na Ucrânia estão ficando mais próximas, com negociações com Estados Unidos, Alemanha, França e outros países mostrando agora que os dois lados podem inclusive propor uma iniciativa conjunta ao governo ucraniano.

Lavrov voltou a defender que o governo ucraniano promova uma reforma constitucional e avalie a transformação do país em uma república federativa, onde as regiões teriam maior autonomia para conduzir suas próprias políticas econômicas e sociais. Também afirmou que a Ucrânia deveria tornar o russo o segundo idioma do país. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
RÚSSIAFRONTEIRAUCRÂNIA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.