Ian Langsdon/Efe
Ian Langsdon/Efe

Le Pen descarta apoio a Sarkozy e Hollande no 2º turno

Líder da extrema direita anunciou que votará em branco no segundo turno do pleito para presidente

SERGIO CALDAS, Agência Estado

01 Maio 2012 | 08h56

Texto atualizado às 12h40

 

PARIS - A líder do partido francês de extrema direita, Marine Le Pen, anunciou nesta terça-feira, 1, que não apoiará nenhum dos dois candidatos no segundo turno da eleição presidencial na França, no próximo domingo, e que votará em branco.

 

Veja também:

tabela ESPECIAL: Eleições presidenciais na França

 

A decisão de Le Pen, dirigente da Frente Nacional, amplia o desafio do presidente francês, Nicolas Sarkozy, que busca a reeleição e tenta conquistar parte dos quase 18% de votos que foram para a extrema direita no primeiro turno da disputa, no dia 22. As últimas pesquisas indicam que o candidato socialista François Hollande deverá ser eleito presidente no fim de semana.

 

"Cada um de vocês fará sua própria escolha, com base em sua alma, consciência e sensibilidade", disse Le Pen a simpatizantes da Frente Nacional na praça Opera, no centro de Paris. "No domingo, eu votarei em branco".

 

Le Pen também criticou Sarkozy por defender "ideias que contradizem com as políticas de seu primeiro mandato". "Um presidente assim não pode ser o presidente o povo", afirmou.

 

As informações são da Dow Jones

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.