Le Pen tem apoio de 17% dos eleitores franceses

Uma pesquisa feita pela agência CSA a pedido do jornal Le Monde e da rede de televisão i-tele mostra que 17% dos eleitores franceses votariam no líder de extrema direita Jean-Marie Le Pen se as eleições presidenciais fossem hoje. A pesquisa indica que o apoio a Le Pen está no mesmo nível obtido por ele no primeiro turno eleitoral das eleições de 2002 - um resultado que o levou ao segundo turno com o presidente Jacques Chirac e que chocou a França. Se for eleito, Le Pen, líder da Frente Nacional, prometeu implementar uma política batizada por ele de "imigração zero", além de retirar a França da União Européia e da Otan, de proibir o aborto e de restaurar a pena de morte. A CSA ouviu 1.002 pessoas por telefone em 21 e 22 de novembro. A agência não informou a margem de erro da sondagem. Desde janeiro até agora, o apoio a Le Pen aumentou oito pontos percentuais. Stephane Rozes, diretor da CSA, disse ao Le Monde que Le Pen ganhou terreno devido às últimas tensões nos subúrbios de cidades francesas com grande porcentagem de imigrantes.

Agencia Estado,

24 Novembro 2006 | 18h05

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.