EFE/Stephanie Lecocq
EFE/Stephanie Lecocq

Deputado polonês diz que mulheres têm que ganhar menos do que homens porque são ‘menos inteligentes'

Integrante do Parlamento Europeu pode receber uma advertência, multa ou suspensão temporária em razão das alegações sexistas

O Estado de S.Paulo

03 de março de 2017 | 13h08

BRUXELAS - Um deputado polonês do Parlamento Europeu pode enfrentar punições sérias após dizer que as mulheres deveriam ganhar menos do que os homens porque são mais fracas, menores e “menos inteligentes”.

O presidente do Parlamento, Antonio Tajani, abriu uma investigação contra Janusz Korwin-Mikke em razão das alegações sexistas feitas no dia anterior. Agora ele pode enfrentar sanções como advertência, multa ou até suspensão temporária.

O polonês, de extrema direita, causou polêmica durante um debate sobre a diferença de salários entre homens e mulheres. “Claro que as mulheres têm que ganhar menos do que os homens, porque são mais fracas, são menores e menos inteligentes”, afirmou ele.

A investigação foi aberta em razão das regras que determinam que membros do Parlamento precisam demonstrar respeito e evitar “uma linguagem ou comportamento difamatório, racista ou xenófobo”. / ASSOCIATED PRESS

Tudo o que sabemos sobre:
Parlamento EuropeuPolôniaMulher

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.