Lei pode beneficiar Berlusconi

O primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, defendeu ontem uma medida que suspenderia por um ano julgamentos de crimes cometidos antes de 2002. As exceções da proposta seriam os julgamentos de atos violentos, delitos relacionados à Máfia e crimes que sejam puníveis por sentenças de 10 ou mais anos.A medida beneficiaria o próprio Berlusconi, pois suspenderia o julgamento no qual ele é acusado de corrupção. O julgamento está em andamento desde março do ano passado e, segundo a imprensa local, um veredicto deve ser emitido em breve. Berlusconi rejeita a acusação da oposição de que estaria usando seu cargo para proteger interesses pessoais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.