Stephen Crowley/The New York Times
Stephen Crowley/The New York Times

Lei que dá ao Congresso dos EUA poder de revisar acordo com Irã  passa no Senado

Com 98 votos a favor e um contra, a lei foi encaminhada para a Câmara dos Representantes, que deve avaliá-la na segunda-feira

O Estado de S. Paulo

07 de maio de 2015 | 16h09

O Senado americano aprovou nesta quarta-feira, 7, uma lei que permite ao Congresso revisar e rejeitar um acordo nuclear com o Irã. Com 98 votos a favor e um contra, a lei foi encaminhada para a Câmara dos Representantes, que deve avaliá-la na semana que vem.

O senador Marco Rubio, republicano da Flórida e pré-candidato à presidência, disse que o acordo aprovado hoje dá voz aos representantes eleitos em um debate de "extraordinária importância". Já os céticos sobre o tema disseram que, mesmo que os congressistas desaprovem o acordo com o Irã, Obama poderia vetar essa legislação, e os críticos de qualquer acordo não devem ter votos suficientes para derrubar o veto presidencial.

Os republicanos vinham pressionando para votar dezenas de emendas polêmicas, que segundo os democratas poderiam impossibilitar um acordo com Teerã. A Casa Branca havia inicialmente pedido que os democratas rejeitassem o acordo, mas retiraram suas objeções após um acordo que reduziu o período de revisão e fortaleceu o apoio por uma lei à prova de vetos da maioria no Senado. / REUTERS

Tudo o que sabemos sobre:
EUAIrãSenado

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.