Leia íntegra da carta de FHC a Rodríguez Saá

Leia a íntegra da carta do presidente Fernando Henrique Cardoso enviada hoje a Adolfo Rodríguez Saá, presidente da Argentina. Fernando Henrique está no Pantanal com a família."A Sua Excelência, o Senhor AdolfoRodríguez Saá, presidente da nação Argentina,Senhor Presidente,No momento em que Vossa Excelência assume a presidênciada nação Argentina, quero fazer-lhe chegar, e por seu intermédioa todo o povo argentino, a palavra de amizade, apoio solidário econfiança do governo e do povo brasileiros. A estabilidade e aprosperidade da Argentina, através do crescimento e no marco deplena institucionalidade em que se deu a mudança de governo nopaís, constituem um interesse permanente da região e umagarantia de fortaleza para nossa relação bilateral e oMercosul.Nossos países se encontram unidos por laços entranhadosde amizade e cooperação. Seus interesses compartilhados vão alémde sua singular aliança estratégica para alcançar o compromissocomum com o Mercosul e com a paz, a estabilidade e a integraçãode nossa região. O Brasil está disposto a trabalhar junto com a Argentinapara alcançar os objetivos que são comuns no quadro dos acordos,compromissos e propósitos que unem as duas nações. Não secansará de exortar às nações amigas e às instituiçõesinternacionais competentes para que também ajudem a esse país alevar adiante essa empresa de coragem cívica e política em que,por vontade expressa de seu povo e por mandato conferido a seusnovos dirigentes, a Argentina encontra-se agora envolvida.É esta empresa - levantar-se economicamente e em pazsocial - que assegurará à Argentina o cumprimento de seu papelcomo sócio e participante ativo da estabilidade e daprosperidade em nosso hemisfério e no mundo.Receba, junto com meus votos de felicidade e ventura namissão que lhe foi confiada, as expressões de afeto e amizadeque por seu intermédio o povo brasileiro faz chegar a seu irmão,o povo argentino. Cordialmente,Fernando Henrique Cardoso, Presidente da RepúblicaFederativa do Brasil"

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.