Leilão de objetos de Roosevelt rende US$ 2,6 milhões

A casa Christie´s, de Nova York, conseguiu arrecadar ontem US$ 2,6 milhões no leilão de objetos do ex-presidente Franklin Delano Roosevelt, falecido em 1945. A decisão de leiloar cartas, livros, móveis, quadros e documentos do 32º presidente dos Estados Unidos partiu da família Roosevelt. Uma carta de Roosevelt dirigida a seu filho John, onde o presidente assinou seu nome completo seguido da frase "esta assinatura é melhor que a simples menção Pa", foi arrematada por US$ 28,2 mil. Um livro dado a Roosevelt por Winston Churchill com a assinatura do premier britânico foi arrematado por US$ 64.625. Um quadro do artista norte-americano Jonas Lie, representando o iate de Franklin Roosevelt, foi arrematado por US$ 149 mil, um recorde para obras deste artista.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.