Leitura de radiação muito alta em reator do Japão estava errada

O operador da usina nuclear japonesa de Fukushima Daiichi disse neste domingo (segunda-feira no horário local) que estava errada a leitura de radiação bastante elevada emitida por trabalhadores que fugiam do reator número 2.

REUTERS

27 de março de 2011 | 12h37

O vice-presidente da Tokyo Electric Power, Sakae Muto, desculpou-se pelo erro, divulgado no domingo (horário local), que somou-se aos temores dentro e fora do Japão sobre a situação nuclear do país.

(Por Yoko Kubota)

Tudo o que sabemos sobre:
JAPAONUCLEARERRO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.