Levantes árabes serão positivos, diz ministro israelense

Os levantes árabes serão positivos "no longo prazo", disse hoje o ministro de Defesa de Israel, Ehud Barak, se referindo às revoltas contra regimes que estavam há décadas no poder na região, como as ocorridas na Tunísia e no Egito.

AE, Agência Estado

24 de março de 2011 | 14h18

Israel precisa acompanhar a instabilidade na região, mas, "no longo prazo, esse é um fenômeno extremamente positivo", disse Barak. Ele falou em entrevista coletiva, ao lado do secretário de Defesa dos Estados Unidos, Robert Gates. O ministro israelense também qualificou a onda de protestos no Oriente Médio como "um fenômeno tocante e inspirador".

Barak tratou ainda do atentado ocorrido ontem em Jerusalém, que deixou uma pessoa morta e mais de 30 feridas. Segundo o ministro, Israel não irá tolerar ataques "terroristas" dos palestinos. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
revoltas árabesIsraelEhud Barak

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.