Libaneses criam museu online de arte censurada

O grupo de ativistas libaneses March Lebanon criou um "museu virtual da censura" para exibir obras de arte e documentos censurados em seu país. O acervo tem filmes, seriados de TV, cartuns, músicas e eventos que foram proibidos pelas autoridades do Líbano ou retirados de circulação por pressão do Hezbollah desde a década de 40.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.