Mohammad Hannon/AP
Mohammad Hannon/AP

Líbano é atingido por vários foguetes sírios

Projéteis atingiram aldeias fronteiriças e muitos habitantes fugiram de casa

Efe,

12 de julho de 2012 | 09h30

BEIRUTE - Vários foguetes disparados da Síria caíram nesta quinta-feira, 12, na região de Wadi Khaled, no norte do Líbano, mas não deixaram vítimas.

Veja também:

linkLíbano suspende ajuda a refugiados sírios

linkRefugiados sírios podem ser 185 mil até fim do ano

forum CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

Os projéteis atingiram as aldeias fronteiriças de Dababiye, Jeker Janin, Kachlak, Al Kawachira e Munjed, explicaram as fontes, que destacaram que muitos habitantes fugiram de suas casas em busca de lugares mais seguros.

Segundo a "Agência Nacional de Notícias" do Líbano, o impacto desses foguetes é resultado de uma intensificação dos bombardeios no interior do território sírio.

Os incidentes na fronteira sírio-libanesa vêm se intensificando nos últimos dias. Ontem, uma unidade do Exército da Síria penetrou no leste do Líbano e sequestrou um cidadão libanês, enquanto um dia antes três pessoas faleceram durante um bombardeio sírio em Wadi Khaled.

O Governo libanês anunciou na última semana um plano para desdobrar o Exército nessa área, após duas pessoas terem morrido no sábado em território do Líbano pelo impacto de vários projéteis disparados desde o lado sírio.

A situação da segurança no Líbano se deteriorou nos últimos meses, nos quais também houve sequestros e enfrentamentos armados entre detratores e seguidores do presidente sírio, Bashar al-Assad, na cidade libanesa de Trípoli e em Beirute.

A Síria acusa "grupos terroristas" de organizar desde o Líbano ataques contra suas tropas e enviar armas aos insurgentes.

Líbano e Síria compartilham 330 quilômetros de fronteira, cuja demarcação ainda não foi estipulada.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.