Líbano ignora ONU e prorroga mandato do presidente

O Parlamento do Líbano aprovou hoje uma emenda à Constituição prorrogando em três anos a permanência no poder do presidente Emile Lahoud, apesar de pedidos da ONU para que fossem promovidas novas eleições. Lahoud conta com o apoio da Síria, país que é visto como o verdadeiro poder por trás do governo libanês.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.