Liberal é o mais votado na Polônia, indica pesquisa

VARSÓVIA

AP e Reuters, O Estado de S.Paulo

21 de junho de 2010 | 00h00

O candidato liberal Bronislaw Komorowski foi o mais votado nas eleições presidenciais de ontem na Polônia, segundo pesquisas de boca de urna, mas não deve obter os votos suficientes para evitar um segundo turno, no dia 4.

As eleições foram antecipadas por causa da morte do presidente Lech Kaczynski em um acidente de avião na Rússia no dia 10 de abril. A TVN24 atribui a Komorowski 45% dos votos, enquanto seu principal rival, o conservador Jaroslaw Kaczynski, irmão gêmeo do ex-presidente.

Por sua vez, a TV pública indica que o liberal teria obtido 41% dos votos e Kaczynski, 36%.

Komorowski é pró-União Europeia e membro do partido Plataforma Cívica. Ele prometeu trabalhar com o governo do primeiro-ministro Donald Tusk para adotar o euro em cinco anos, encerrar a impopular missão militar da Polônia no Afeganistão e promover amplas reformas de mercado.

Kaczynski é um conservador cujos principais objetivos são combater a criminalidade e a corrupção, reduzir as reformas de mercado a fim de preservar o Estado de bem-estar social e promover os valores da Igreja Católica.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.