Libéria vai reabrir bairro isolado por causa do ebola

A Libéria informou que vai reabrir um bairro pobre onde milhares de pessoas foram isoladas para conter o avanço da epidemia de ebola. O ministro das Informações, Lewis Brown, afirmou que a suspensão da quarentena na manhã de sábado não significa que não há mais risco de contaminação pela doença na favela de West Point.

Estadão Conteúdo

29 de agosto de 2014 | 18h01

Mas autoridades dizem estar confiantes de poder controlar os doentes e que a comunidade vai agora participar ativamente no combate ao vírus. O bairro de 50 mil habitantes na capital da Libéria foi isolado há mais de uma semana, motivando inquietações e deixando muitos sem acesso a comida ou água. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Libériaebola

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.