Libertados 41 reféns da Exxon na Nigéria

Um porta-voz da companhia petroleira Exxon Mobil informou nesta quinta-feira que os 41 funcionários da empresa seqüestrados na região meridional da Nigéria foram libertados depois de permaneceram algumas horas nas mãos de seus captores."A situação foi resolvida sem derramamento de sangue e pacificamente", garantiu o porta-voz. "Todos os funcionários foram libertados."Nesta quinta-feira, Sina Luwoye, presidente da filial nigeriana da Exxon Mobil, comunicou que 41 de seus empregados haviam sido seqüestrados por um grupo de desconhecidos na base de Finima, na ilha de Bonny, não muito distante do Porto de Harcourt.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.