Líbia ajudará Gaza após acordo com Israel

ORIENTE MÉDIO

, O Estado de S.Paulo

11 de agosto de 2010 | 00h00

Um raro acordo entre Israel e Líbia para a libertação de um fotógrafo israelense permitirá que o governo líbio participe da reconstrução de 1.250 casas destruídas na ofensiva de Israel na Faixa de Gaza, em 2009. Rafael Hadad foi preso em março por suspeitas de espionagem. O fotógrafo disse que entrou na Líbia com um passaporte da Tunísia para registrar um casamento judaico no país. Israel e Líbia estão tecnicamente em guerra, e o governo de Trípoli é um dos principais críticos da política israelense contra os palestinos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.