Líbia começa a indenizar parentes de vítimas de atentado

A Líbia começou a depositar em juízo US$ 2,7 bilhões em compensação para as famílias das vítimas do vôo 103 da Pan Am, informou nesta quarta-feira o Departamento de Estado dos EUA. Richard Boucher, porta-voz da chancelaria americana, disse que a transferência deverá ser concluída somente amanhã porque a quantia é muito alta.Na semana passa, a Líbia concordou formalmente com um pacote de compensações às vítimas do atentado contra o avião que explodiu sobre Lockerbie, Escócia, em resposta a uma exigência do Conselho de Segurança da ONU. Em troca, a ONU deverá levantar as sanções impostas à Líbia, em vigor há mais de uma década.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.