Líbia deixará Liga Árabe

O governo da Líbia informou que deixará de fazer parte da Liga Árabe, segundo divulgou a agência de notícias oficial citando nota do Ministério de Relações Africanas. A nota não explica o motivo da decisão. No entanto, fontes do governo citaram a "ineficiência" do grupo em lidar com as crises no Iraque e dos palestinos como eventual motivo. A nota afirma que um comunicado oficial foi enviado ao comando central da Liga no Cairo. O porta-voz da Liga Árabe, Hesham Youssef, afirmou que a organização recebeu o comunicado e que a possibilidade de saída da Líbia já havia sido informada ao secretário-geral, Amr Moussa. O porta-voz disse que a Liga não fará outros comentários até que receba maiores detalhes da decisão das autoridades líbias.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.