Líbia diz que Otan matou 15, incluindo 3 crianças

O governo da Líbia afirmou que um ataque aéreo da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) matou 15 pessoas hoje, entre elas três crianças. O porta-voz do governo, Mussa Ibrahim, falou com repórteres enquanto eles faziam uma visita a prédios atacados em Sorman, 70 quilômetros a oeste da capital Trípoli.

AE, Agência Estado

20 de junho de 2011 | 10h09

A Otan, porém, negou que a aliança tenha realizado um ataque aéreo na cidade. Ontem, a aliança admitiu que havia bombardeado acidentalmente um prédio residencial em Trípoli, matando pelo menos nove civis. Um comandante da Otan lamentou o fato, dizendo que as investigações iniciais apontavam para uma falha no sistema de armas. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
LíbiaataquesOtancivismortes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.