Líbia e Irã estão fora de embargo e petróleo cai

Os contratos futuros do petróleo estão em queda esta manhã, em reação às informações de que o Irã e a Líbia oficialmente comunicaram à Opep que não suspenderão suas exportações de petróleo, não acompanhando, assim, a decisão do Iraque. Às 7h44 (de Brasília), o contrato de maio do petróleo brent recuava US$ 0,39 (1,50%), para US$ 25,62 o barril em Londres; o contrato de petróleo cru perdia US$ 0,43 (1,65%), para US$ 25,70 o barril no pregão eletrônico da Nymex. Traders disseram, no entanto, que os contratos podem retormar o movimento de alta mais tarde, uma vez que as forças israelenses mantêm sua ofensiva na Cisjordânia e que a greve na Venezuela foi estendida para tempo indefinido.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.