Líbia: Milícias retiram-se de Trípoli

Milícias originárias de diversas cidades da Líbia deixaram hoje a capital do país, Trípoli, em meio a protestos da população contra a presença dos grupos armados.

AE, Agência Estado

21 de novembro de 2013 | 15h57

A retirada, vista como uma vitória dos moradores de Trípoli, ocorre menos de uma semana depois de milicianos terem matado mais de 40 pessoas que protestavam pacificamente contra as milícias.

O massacre intensificou os protestos.

Os grupos armados, muitos deles compostos por fundamentalistas islâmicos, vêm desafiando o controle do governo central, criando redutos e atuando de acordo com leis próprias.

Testemunhas disseram que os milicianos entregaram as bases ao exército, mas não entregaram suas armas. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
LíbiamilíciasTrípoli

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.