Líbia vai pagar US$ 35 milhões por atentado na Alemanha

A Líbia concordou em pagar US$ 35 milhões em compensações para as vítimas não americanas de um atentado a bomba contra uma discoteca de Berlim, cometido em 1986. Três pessoas morreram e 229 ficaram feridas.Este é o passo mais recente do líder líbio Muamar Kadafi para reinserir seu país na comunidade internacional. A Líbia já havia concordado em pagar US$ 2,7 bilhões às famílias dos mortos no atentado contra um jato da Pan Am, cometido em 1988, e US$ 170 milhões pelo atentado contra um avião francês, em 1989.Depois do anúncio da indenização, o governo alemão disse que melhores relações entre os dois países agora são possíveis e que o chanceler Gerhard Schroeder visitará a Líbia em breve.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.