Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Líbio ex-condenado por Lockerbie piora e vai para UTI

Abdel Baset al-Megrahi, o único condenado pela morte de 270 pessoas na explosão de um avião da Pan Am sobre a cidade escocesa de Lockerbie, em 1988, está pior de saúde e foi levado para a Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do hospital onde está internado na Líbia, informaram hoje seus familiares. Al-Megrahi sofre de câncer de próstata e seu estado é terminal. Os familiares disseram que os médicos deram informações sobre a saúde de al-Megrahi, mas que eles não receberam permissão para visitá-lo.

AE-AP, Agencia Estado

02 de setembro de 2009 | 17h06

Segundo funcionários do governo líbio, a saúde de al-Megrahi deteriorou-se rapidamente deste que ele foi libertado da prisão escocesa e voltou para a Líbia há cerca de duas semanas. O governo escocês libertou al-Megrahi da prisão no dia 20 de agosto por questões humanitárias. Segundo os médicos, o líbio tinha menos de três meses de vida. No entanto, isso deu início a protestos internacionais, principalmente dos parentes das vítimas e do governo dos Estados Unidos, de onde era a maioria dos passageiros.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.