'Lidar com Irã é brincar com rabo do leão', diz clérigo

'Lidar com Irã é brincar com rabo do leão', diz clérigo

O clérigo iraniano e conservador, Ahmad Khatami, conhecido por sua retórica contra os Estados Unidos, analisou hoje a nova política nuclear norte-americana anunciada nesta semana pelo presidente Barack Obama. "Se eles realizarem esse ato maluco (atacar o Irã) estarão presos em um pântano do qual não serão capazes de sair", afirmou durante o sermão desta semana. "Lidar com o Irã é brincar com o rabo do leão. Se os EUA querem agir loucamente, então os amigos da revolução islâmica irão ameaçar os interesses da América."

AE, Agência Estado

09 de abril de 2010 | 15h47

Washington nunca descartou um ataque militar contra o Irã, a fim de interromper o programa nuclear do país. Nesta semana, os EUA prometeram só usar armas nucleares em "circunstâncias extremas", mas o presidente Obama citou Coreia do Norte e Irã como exceções nessas novas diretrizes. Nas últimas semanas, Washington tem atuado internacionalmente para garantir novas sanções a Teerã por seu programa nuclear. O Irã afirma ter apenas fins pacíficos, mas os EUA desconfiam que o país busque armas nucleares.

Khatami é um importante membro da Assembleia dos Especialistas, que supervisiona o líder supremo iraniano. Os EUA e o Irã não mantêm relações diplomáticas desde a Revolução Islâmica de 1979. A animosidade entre os países aumentou desde a posse de Mahmoud Ahmadinejad na presidência, já que o atual governo se recusa a abandonar suas ambições nucleares. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
IrãnuclearclérigoEUArabo de leão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.