Líder afegão diz que se unirá à luta da Al-Qaeda contra Ocidente

O "senhor da guerra" afegão Gulbudin Hekmatyar disse nesta quinta-feira estar disposto a lutar segundo as ordens de Osama bin Laden, número um da rede terrorista Al-Qaeda, contra a ocupação estrangeira de seu país e de outras nações islâmicas.Em um vídeo transmitido pela rede de TV Al Jazeera, Hekmatyar, fundador do partido Hizb-Islami, acusou os países ocidentais de terem rejeitado a oferta de trégua feita há alguns meses por Bin Laden."Agradecemos o xeque Osama bin Laden, o doutor (Ayman) Al-Zawahiri e outros pela ajuda que nos ofereceram na luta contra a ocupação soviética (do Afeganistão) e pelos valiosos sacrifícios que nos ofereceram", disse o dirigente afegão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.