Líder afegão vai ao Catar para facilitar processo de paz

O presidente afegão, Hamid Karzai, planeja viajar ao Catar e discutir a possibilidade de abrir um escritório do Taleban no país, num primeiro passo que pode facilitar o processo de paz do Afeganistão após quase 12 anos de guerra, informou o Ministério das Relações Exteriores afegão neste domingo.

Agência Estado

24 de março de 2013 | 13h17

Karzai vai abordar o assunto com o governante do Catar durante uma visita oficial cujo propósito inicial seria a abertura de uma embaixada do país em Cabul e negociações de oportunidades comerciais e de negócios, segundo o porta-voz do ministério, Janan Mosazai.

O porta-voz não disse quando a visita ocorrerá, mas indicou que será nas próximas semanas.

O Afeganistão já concordou em permitir que o Taleban abra um escritório no Catar, desde que rompa todos os laços com a Al-Qaeda e renuncie ao terrorismo. As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.