Líder basco pede dinheiro para pagar fiança de militantes

Um líder separatista basco pediu neste sábado, 1º, que seus compatriotas contribuam com dinheiro em uma campanha de arrecadação de fundos para o pagamento da fiança de três líderes do ETA. Durante entrevista coletiva concedida na cidade costeira de San Sebastian, Joseba Permach sugeriu que os bascos contribuíssem em dinheiro para possibilitar a arrecadação de 650.000 euros, valor total das fianças impostas aos líderes separatistas Arnaldo Otegi, Juan José Patrikorena e Juan María Olano. Permach também pediu ao governo espanhol que abra negociações com o grupo armado ETA, que recentemente anunciou um cessar-fogo permanente com o objetivo de solucionar as décadas de violência separatista no País Basco.

Agencia Estado,

01 Abril 2006 | 15h58

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.