Líder curda pede a rebeldes que retomem trégua unilateral na Turquia

Mais de 20.000 curdos -alguns pedindo "paz" e outros, "vungança" - saíram hoje (13) àsruas de Diyarbakir, no sudeste da Turquia, para celebrar alibertação da ex-parlamentar curda Leyla Zana, que pediu aosrebeldes em busca de autonomia que voltem a respeitar uma tréguaunilateral. Ao lado de outros ex-parlamentares curdos que também foramlibertados no início da semana depois de uma pressão sobre aTurquia para que respeite os direitos humanos, Zana vem tentandopromover o diálogo entre os rebeldes curdos e o governo turco. Os quatro ex-parlamentares passaram dez anos detidos porsuposta ligação com grupos guerrilheiros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.