Líder da Al-Qaeda promete caçar os americanos nos EUA

Numa nova fita de áudio supostamente gravada por Ayman al-Zawahri, o número dois na hierarquia da rede terrorista Al-Qaeda advertiu que seus combatentes estão perseguindo americanos até nos Estados Unidos, e que os governos que apoiam Washington terão em breve que enfrentar seus povos.Pouco antes de a tevê por satélite árabe Al-Jazira divulgar trechos da fita de 10 minutos, o governo americano emitiu alertas de ataques terroristas para a época dos feriados de fim de ano. Autoridades explicaram que continuavam a receber um alto volume de informações sugerindo que a Al-Qaeda estava interessada em atacar interesses americanos, em solo dos EUA e no exterior.Na fita de áudio, que editores da Al-Jazira disseram ter recebido na manhã de hoje, al-Zawahri afirmou que falava dois anos depois da batalha entre combatentes da Al-Qaeda e soldados dos EUA nas montanhas de Tora Bora, no Afeganistão. "Dois anos depois de Tora Bora, o derramamento de sangue americano começa a aumentar no Iraque e os americanos não são mais capazes de se defender", disse."Ainda estamos perseguindo os americanos e seus aliados em todos os lugares, mesmo em sua terra natal", acrescentou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.