Líder da Autoridade Palestina fará novo apelo na ONU

Ramallah, 24/08/2014 - Assessores do presidente da Autoridade Nacional Palestina, Mahmoud Abbas, disseram neste domingo que ele deve apelar em breve para que a comunidade internacional estabeleça um prazo para que Israel encerre o domínio sobre territórios ocupados em 1967 e abra caminho para a criação de um Estado palestino independente.

Estadão Conteúdo

24 de agosto de 2014 | 18h25

Segundo essas fontes, Abbas apresentará as propostas após o fim da atual ofensiva de Israel contra a Faixa de Gaza. A Autoridade Palestina governa a Cisjordânia, enquanto Gaza é controlada pelo Hamas, grupo considerado terrorista por Israel e pelos Estados Unidos.

Fontes próximas a Abbas dizem que ele está cada vez mais desiludido, em meio aos fracassos em negociar uma solução diplomática com os israelenses. Ele quer um prazo limite para Israel se retirar de territórios reivindicados pelos palestinos e um cronograma para o estabelecimento de um Estado independente. O líder palestino tenta mostrar ao seu povo, incluindo em Gaza, que foi tomada pelo Hamas sete anos atrás, que está trabalhando para encerrar o conflito.

Em uma entrevista para uma emissora de TV egípcia neste fim de semana, Abbas disse que vai apresentar em breve seu plano para líderes árabes, europeus e americanos. "É uma solução não convencional, mas eu não vou declarar guerra a Israel. É uma solução política e diplomática", afirmou. Ele se recusou a dar mais detalhes, dizendo apenas que fará um discurso na ONU no próximo mês argumentando que os palestinos querem a independência imediatamente. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
PalestinaIsraelONU

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.