Líder da Câmara assume presidência interina da Polônia

Líder da Câmara assume presidência interina da Polônia

O líder do Sejm, a Câmara Baixa do Parlamento polonês, Bronislaw Bronislaw Komorowski, assumiu interinamente a presidência da Polônia, conforme prevê a Constituição do país para o caso da morte do presidente. Segundo a Constituição, ele deve convocar eleições presidenciais em duas semanas da morte do presidente e as eleições devem ocorrer em dois meses. Komorowski já era um dos candidatos para a presidência nas eleições, que normalmente são marcadas para o outono.

CYNTHIA DECLOEDT, Agência Estado

10 de abril de 2010 | 10h45

O primeiro-ministro da Polônia, Donald Tusk, anunciou sua partida para Smolensk, no oeste da Rússia e local do acidente, após uma reunião de emergência de gabinete ocorrida mais cedo em Varsóvia, capital da Polônia. Segundo Tusk, outra reunião de gabinete pode acontecer quando voltar esta noite, pelo horário local polonês.

Komorowski declarou uma semana de luto em homenagem ao presidente do país, Lech Kaczynski, e sua comitiva, mortos em um acidente próximo ao aeroporto militar de Smolensk-Severnyi. O avião caiu a cerca de um quilômetro do aeroporto após quatro tentativas de aterrissagem, em meio a um intenso nevoeiro. O presidente polonês encabeçava uma comitiva que participaria de uma cerimônia em memória a 22 mil poloneses mortos por agentes soviéticos há 70 anos. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
RússiaacidenteaviãoPolônia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.