Líder da Coreia do Norte não irá à Rússia para celebração, diz porta-voz

Líder da Coreia do Norte não irá à Rússia para celebração, diz porta-voz

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong Un, não irá a Moscou, na Rússia, no próximo mês para participar do 70º aniversário da vitória sobre a Alemanha nazista na Segunda Guerra Mundial, disse nesta quinta-feira o porta-voz do presidente russo Vladimir Putin, Dmitry Peskov.

Estadão Conteúdo

30 de abril de 2015 | 09h25

Esta seria a primeira viagem de Kim Jong Un ao exterior desde que assumiu o poder há mais de três anos. Ontem, a agência de espionagem da Coreia do Sul tinha informado sobre a viagem, além de ter acusado o líder norte-coreano de ter executado 15 pessoas este ano.

O ministro de Relações Exteriores da Rússia disse em março que Kim estava entre os 26 líderes mundiais que tinham aceitado o convite para participar da celebração, no dia 09 de maio. A Coreia do Norte, no entanto, não chegou a confirmar a ida de Kim.

Segundo o porta-voz de Putin, Kim não poderá deixar a Coreia do Norte por causa de "assuntos internos". Ele não deu mais detalhes. Fonte: Associated Press

Tudo o que sabemos sobre:
Coreia do NorteRússia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.