Líder da Coréia do Norte reaparece em público

O líder da Coréia do Norte, Kim Jong Il, fez ontem, em Pyongyang, sua primeira aparição pública desde 14 de agosto. Kim, de 66 anos, assistiu a uma partida de futebol entre universitários, saudou os estudantes e os felicitou por seu espírito ?revolucionário e militar?, de acordo com a agência norte coreana KCNA, citada pela sul coreana Yonhap. A ausência gerou especulações de que Kim estaria gravemente doente. Funcionários do governo dos Estados Unidos e da Coréia do Sul disseram, no mês passado, que o ditador teria sofrido um acidente vascular cerebral, mas o governo norte-coreano negou os rumores. Acompanhado de outros militares, Kim não falou sobre sua condição de saúde. Segundo analistas em Seul (Coréia do Sul), a aparição pública parece destinada a eliminar dúvidas, no país e no exterior, sobre a condição de saúde de Kim.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.