O Estado de S.Paulo

21 de março de 2012 | 03h01

O líder da Igreja Copta Ortodoxa do Egito, papa Shenouda III, foi sepultado ontem em um monastério no deserto, após dezenas de milhares terem se despedido do religioso. Coptas são cerca de 10% da população egípcia e Shenouda comandava a igreja havia quatro décadas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.