Líder da oposição a Musharraf é libertado

O presidente da oposicionista Liga Muçulmana do Paquistão, Javed Hashmi, foi solto ontem, depois que a Suprema Corte suspendeu sua sentença. Condenado em 2004 a 23 anos de prisão por traição ao governo do presidente Pervez Musharraf, Hashmi aguardará em liberdade que seu caso seja revisto pela Justiça. A decisão de soltá-lo foi tomada em sessão presidida por Iftikhar Chaudhry, juiz que retornou em julho ao posto, após ficar meses afastado por ordem de Musharraf. A libertação foi celebrada por militantes (foto), que exibiam retratos do líder exilado da Liga, o ex-premiê Nawaz Sharif.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.