Líder da oposição bielo-russa quer novas eleições

O líder da oposição bielo-russa, Alexander Milinkevich, declarou nesta terça-feira a uma jornalista da agência Associated Press que irá exigir a realização de novas eleições no país. Segundo Milinkevich, ele pedirá que o atual presidente bielo-russo, Alexander Lukashenko, há 12 anos no poder, não participe do novo pleito. Oponentes e países ocidentais consideram que a eleição realizadas no domingo, que deram nova vitória a Lukashenko, foi fraudulenta e deve ser refeita. A oposição também acusa de fraudes o referendo de 2004 que aprovou mudanças na constituição e acabou com os limites de reeleição para um presidente. O referendo foi aprovado, mas a oposição alega que a votação foi manipulada.

Agencia Estado,

21 Março 2006 | 17h23

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.