Marco Bello/Reuters
Marco Bello/Reuters

Líder da oposição convoca protestos na Venezuela

A tensão no país tem aumentado nos últimos dias em meio à implementação do sistema de racionamento de produtos básicos pelo governo

O Estado de S. Paulo

13 de janeiro de 2015 | 16h08

CARACAS - O ex-governador do Estado de Miranda Henrique Capriles convocou a população da Venezuela a protestar contra o governo do país nas ruas. "Estamos em estado de emergência", disse. "Este é o momento de nos mobilizarmos nas ruas."

A tensão na Venezuela tem aumentado nos últimos dias em meio à implementação do sistema de racionamento de produtos básicos pelo governo, como sabão, leite e fraldas. Autoridades também colocaram tropas nas ruas para conter os ânimos da população, que enfrenta longas filas para fazer compras.

Enquanto isso, o presidente Nicolás Maduro está no meio de um périplo a países aliados em busca de ajuda financeira. Na segunda-feira, depois de ter visitado a China, ele afirmou ter conseguido bilhões de dólares em financiamento junto a aliados no Oriente Médio "que irão nos fornecer o oxigênio necessário para passar pela queda dos preços do petróleo". A commodity representa mais de 95% das exportações do país.

Capriles perdeu uma corrida presidencial acirrada para Maduro em 2013. Ele não apoiou os protestos da oposição no último ano, que se arrastaram por meses e tiveram mais de 40 mortes. / ASSOCIATED PRESS 

Tudo o que sabemos sobre:
Venezuelaprotestos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.