Líder da oposição na Síria critica os Estados Unidos

O líder do principal grupo de oposição na Síria criticou nesta terça-feira autoridades dos Estados Unidos que afirmaram que é prematuro discutir um governo de transição para o país. Abdelbaset Sieda disse para a Associated Press que o Conselho Nacional Sírio está realizando "sérias" preparações e consultas com outros grupos rebeldes para formar uma nova administração caso o regime do presidente Bashar Assad seja derrubado.

AE, Agência Estado

28 de agosto de 2012 | 11h38

Na segunda-feira, o presidente da França, François Hollande, incentivou os rebeldes a formarem um governo provisório, acrescentando que a França o reconheceria. A iniciativa foi logo minimizada por autoridades norte-americanas, que defenderam que primeiro deve ser discutido um plano de transição. Em resposta, Sieda declarou que "a comunidade internacional precisa agir antes que seja tarde". As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
SíriaEUAdiplomacia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.