Líder da oposição paquistanesa é preso com estado de emergência

Aitzaz Ahsan, líder da oposição eadvogado paquistanês, foi detido depois que o presidente PervezMusharraf declarou estado de emergência neste sábado. "Eles me entregaram um pedido de detenção de 30 dias",afirmou Ahsan, presidente de uma importante entidade de classe,a repórteres do lado de fora de sua casa, na capital. "Um homemtornou refém toda a nação.... Chegou a hora do generalMusharraf ir embora." Colegas advogados gritavam "fora, Musharraf, fora" enquantoAhsan, que era levado pela polícia, fazia o sinal da vitória aseus apoiadores.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.