Reprodução/YouTube
Reprodução/YouTube

Líder da oposição venezuelana promete se entregar na terça-feira

Em vídeo divulgado no Youtube, Leopoldo López convoca manifestação e diz que estará à disposição da Justiça venezuelana

16 de fevereiro de 2014 | 20h12

CARACAS - Leopoldo López, dirigente do partido venezuelano de oposição, Vontade Popular, anunciou neste domingo, 16, que se entregará para as autoridades na terça-feira, depois da realização de mais uma marcha contra o governo de Nicolás Maduro.

Em vídeo divulgado na internet, López convoca os venezuelanos para protestos que partirão da Praça Venezuela em direção ao Ministério do Interior e da Justiça, em Caracas. O líder afirmou que se entregará após a manifestação.

O dirigente tem contra ele um pedido de prisão pedido pela Justiça Venezuelana desde quinta-feira por supostamente ter responsabilidade nos atos violentos que, entre outras coisas, causaram a morte de três manifestantes na semana passada.

Veja abaixo o vídeo postado no YouTube por López:

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.