Líder de cartel está no grupo preso com miss no México

O suposto líder do cartel de Juárez está entre as pessoas presas na segunda-feira com Laura Zúñiga, a Miss Sinaloa 2008, revelaram hoje autoridades do país. O homem foi identificado como Ángel Orlando García Urquiza, namorado da miss e irmão de Ricardo García Urquiza, apelidado de "O Doutor", principal vínculo entre o cartel de Ciudad Juárez e os cartéis de droga na Colômbia, e preso pelo Exército mexicano em novembro de 2005. Desde então, seu irmão estava encarregado de comandar os negócios, suspeitam as autoridades. "É um dos altos nomes do cartel", disse à imprensa Luis Carlos Nájera, secretário de Segurança Pública do Estado de Sinaloa, segundo o canal Televisa.O funcionário afirmou também que os homens são membros ativos do cartel de Ciudad Juárez e se presume que seis deles eram os guarda-costas de García Urquiza, pela grande potência das armas que mantinham. O grupo foi levado durante a madrugada desta quarta-feira para Cidade do México, onde haveria interrogatórios dos suspeitos. Até sábado as autoridades determinarão se apresentam ou não acusações. Caso se confirme que a miss tinha conhecimento de alguma atividade ilegal de seus acompanhantes, ela poderá ser acusada por associação para delinqüir e permanecer presa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.