Líder de milícia armada é condenado no Alasca

O líder de uma milícia armada formada no Estado americano do Alasca foi condenado a 25 anos de prisão. Schaeffer Cox foi preso por chefiar o grupo que, de acordo com a Justiça, planejava matar autoridades e integrantes de forças de segurança federais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.