Líder do Al-Shabaab se entrega na Somália

Mogadiscio, 27/12/2014 - Um dos líderes do grupo extremista islâmico Al-Shabaab, Zakariya Ismail Ahmed Hersi, se entregou às autoridades na Somália, segundo foi divulgado pelo governo neste sábado. Hersi, que tinha uma recompensa de US$ 3 milhões oferecida por informações que levassem a sua captura, se entregou para policiais na região de Gedo, no oeste do país.

Estadão Conteúdo

27 de dezembro de 2014 | 13h17

De acordo com agentes de inteligência, Hersi pode ter adotado a estratégia de se entregar após se desentender com companheiros leais a Ahmed Abdi Godane, o principal líder do Al-Shabaab, que foi morto em um ataque dos EUA este ano.

Apesar de ter perdido território nos últimos anos, o Al-Shabaab continua sendo uma grande ameaça na Somália e no Leste da África. O grupo já realizou diversos ataques terroristas na região, incluindo no Quênia, cujo exército faz parte da missão da União Africana que auxilia o governo somali. Nesta quinta-feira, o Al-Shabaab atacou a base da União Africana em Mogadiscio, matando nove pessoas. O complexo também abriga escritórios da Organização das Nações Unidas (ONU) e algumas embaixadas de países do Ocidente.

O Al-Shabaab combate o governo somali, que tenta reconstruir o país após décadas de guerra civil, iniciada com a queda do ditador Mohamed Siad Barre, em 1991. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
SOMÁLIAAL-SHABAABRENDIÇÃO

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.