Líder do Hamas alerta Israel sobre novo levante palestino

O líder do Hamas, Khaled Meshaal, alertou que Israel pode enfrentar outro levante palestino a menos que melhore as condições na Faixa de Gaza e na Cisjordânia ocupada, em entrevista publicada nesta segunda-feira, 30, no jornal palestino al-Ayyan. Meshaal disse que a continuação de um embargo econômico do Ocidente ao governo palestino e de ações militares de Israel vão levar a "uma enorme explosão que vai afetar não só os palestinos, mas também toda a região, especialmente a entidade sionista". "Eu alerto e digo que vejo que a atual situação está levando na direção das condições que prevaleceram no final da década de 1990...que abriram caminho para a intifida da al-Aqsa", disse Meshaal. "Eu alerto e sob ´alerto´ coloco muitas linhas vermelhas". O Hamas formou um governo de unidade no mês passado com a facção Hamas do presidente Mahmoud Abbas em uma tentativa de acabar com a luta interna e aliviar o embargo econômico de um ano. Mas as tensões entre o Hamas e a Fatah continuam altas, particularmente na Faixa de Gaza, e uma proibição do Ocidente a ajuda direta à Autoridade Palestina continua em vigor. O braço armado do Hamas quebrou um cessar-fogo de cinco meses em Gaza ao atirar foguetes contra Israel em resposta às mortes de nove palestinos por forças israelenses. O primeiro-ministro israelense, Ehud Olmert, disse no domingo que Israel vai adotar medidas para impedir que militantes palestinos atirem foguetes da Faixa de Gaza ou tentem se infiltrar no Estado judeu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.