Líder do Hamas deixará o cargo em breve, confirma vice

O líder supremo do movimento palestino Hamas, Khaled Meshal, decidiu renunciar e abrir o caminho para que o grupo escolha um novo líder pela primeira vez em 15 anos, informaram dois funcionários do Hamas nesta segunda-feira. O vice-líder do Hamas, Moussa Abu Marzouk, também confirmou que Meshal deixará o cargo em breve. Meshal permanecerá no posto de liderança até que um novo comandante para o Hamas seja escolhido, o que poderá ocorrer até o final deste ano. Meshal lidera o Hamas desde 1996 e ajudou a transformar o movimento em uma força política poderosa. Ao formar uma aliança com a Síria e o Irã, ele também ajudou o Hamas a se tornar uma importante força regional. A sede do Hamas fica em Damasco. Desde 2007, quando rompeu com o movimento Fatah, o Hamas governa a Faixa de Gaza.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.